sexta-feira, 12 de junho de 2009

Por onde andei

Não, eu não abandonei o blog. Apesar do silêncio prolongado e do final das andanças no continente europeu eis me aqui outra vez.
Hoje completam exatos dois meses que estou de volta em solo brasileiro, precisei de um tempo para colocar a vida em ordem, desfazer as malas, arquivar as lembranças e definir novos rumos.

Depois de percorrer 14 cidades em 4 países durante 6 meses voltar pra casa não é uma tarefa das mais simples. Se de um lado você tem a recepção calorosa da família e dos amigos, mata aquele desejo insaciável por carne vermelha e dá graças a Deus pelo arroz e feijão de todo dia, por vezes você também é acometido por crises agudas de saudade e ansiedade.

Saudade da vida que levava do outro lado do oceano que apesar das dificuldades e restrições tinha sempre o constante gostinho de novidade. Saudades dos amigos com os quais se relacionou intensamente e estavam sempre ao seu lado quando as coisas apertavam. Saudades dos lugares que conheceu e dos momentos inesquecíveis que vivenciou.

Ansiedade por não se enquadrar no mundo que aqui ficou. Você foi, voltou, está tudo no seu perfeito lugar, mas ainda assim há algo diferente. E esse algo diferente é exatamente você. Seu ritmo bate agora num compasso diferente é preciso buscar a sincronia e se readaptar.

A sensação de que tudo passou rápido demais e de que ainda havia muito pra se conhecer não é exclusividade da sua cabeça, ela é real e há de se repetir a cada retorno.

Não é fácil deixar o conforto do lar e pegar a estrada. Não é fácil dizer até logo na hora da partida e ainda mais difícil dizer adeus ao retornar. Mas o que foi fácil ou difícil já não importa, você percebe que a experiência valeu mesmo a pena e te deu forças pra continuar, mesmo que o caminho esteja esburacado e cheio de pedregulhos. O negócio é não parar.

Keep walking...

3 comentários:

Marcos disse...

Muitíssimo bem vinda. Saiba que torço pra que encontre a estabilidade que tanto procura. Beijos enormes.

Marquinhos.

Anônimo disse...

Bem vinda ao seu lar!!!
um abraço.

Juzinha disse...

Adorei o blog, Dani! Só não o abandone... Faz bem pra alma e pro corpo escrever... Querendo ou não esse é um momento em que vc se vê refletindo sobre a vida para escrever aqui... E assim muitas coisas vão tomando seu lugar... Enquanto isso muita coisa vai tomando seu rumo... Vc é muito capaz, uma "PUTA" profissional e eu sei que em breve vamos ter muitas saudades dessa fase tão cheia de instabilidade pela qual estamos passando... Te adoro e admiro! Conte sempre comigo... Beijocas!